Dúvidas sobre queda de cabelo? Dra Adriana Biagioni responde!

9 jan

Não há como negar. Vivemos preocupados com a saúde e beleza dos nossos cabelos e nos assustamos quando a escova revela uma queda maior dos fios. Mas, afinal, qual a quantidade de cabelos que perdemos por dia, naturalmente? Até que ponto a alimentação pode interferir na estrutura das nossas madeixas?

 

Para responder as dúvidas mais comuns sobre o assunto, chamamos a dermatologista Adriana Biagioni, da Clínica da Pele.

1. Quais as causas mais comuns da queda de cabelo?

As causas são várias, desde a deficiência de alguns elementos, como o ferro; certas doenças, como o hipotireoidismo; estresse; uso de medicamentos; pós parto e herança genética.

2. Qual a perda de cabelos/dia considerada normal? É verdade que em determinadas épocas do ano os cabelos caem mais?

Uma queda de 100 a 120 fios por dia é considerada normal. A queda dos cabelos se distribui, em geral, de forma equilibrada durante o ano. Em algumas condições, pode haver um pequeno aumento da queda no inverno devido a alguns hábitos, como o banho mais quente e frequente piora da dermatite seborréica no frio.

3. Quais as novidades que existem no mercado para tratar a queda de cabelo?

É claro que a queda deve ser tratada de acordo com sua causa. Hoje existem medicamentos com melhor cosmética, suplementos orais, tratamentos com Laser e LED, e os procedimentos cirúrgicos, como os implantes, que tem avançado muito, trazendo resultados mais naturais.

Está em estudo, nos Estados Unidos, a ação de uma substância que pode atuar no tratamento da calvície genética. Aguardamos, com ansiedade, os resultados!

4. É normal os cabelos ficarem mais finos e com menos volume com o passar dos anos? Por que isso acontece?

Não é normal, mas é muito comum. É o que ocorre nos quadros de alopecia androgenética (calvície genética), que pode acometer homens e mulheres de qualquer idade, inclusive na infância. O fio torna-se cada vez mais fino e curto, até que para de nascer. Percebe-se uma redução de volume dos cabelos. Esse tipo de calvície tem tratamentos para controle, mas ainda não falamos em cura.

5. Existe predisposição à calvície em mulheres? Como prevenir?

Sim, a alopecia androgenética pode acometer mulheres. É determinado geneticamente e, muitas vezes, há outros casos na família, tanto em homens quantoem mulheres. Nessescasos, é preciso ficar atento e iniciar o tratamento tão logo seja possível para tentar minimizar a progressão do quadro. Outras causas muito comuns em mulheres são a deficiência de ferro (pela perda de sangue através da menstruação mensalmente e má alimentação) e o hipotireoidismo, que afeta mais mulheres que homens.

6. Existem medicamentos que causam a queda e enfraquecimento dos fios? Quais são eles e como evitar esse efeito colateral?

Existem medicamentos que podem causar queda de cabelos – mas nem sempre o fazem. Entre eles, podemos citar alguns anti-hipertensivos (captopril, enalapril, betabloqueadores e outros), anti-inflamatórios (ibuprofeno, naproxeno, por exemplo), anticoagulantes (warfarin, heparina), hipocolesterolêmicos (clofibrato), antidepressivos (sertralina, fluoxetina, etc), alguns antifúngicos e antibióticos, hormônios, quimioterápicos e excesso de vitamina A. A lista é grande e é preciso determinar o papel do medicamento na origem da queda de cabelos.

7. Uma situação estressante pode desencadear a queda de cabelo? O que fazer nessas situações?

Sim, o estresse físico (infecção importante, cirurgia, internação, etc) e o emocional (luto, cansaço) podem ocasionar queda de cabelo, em geral3 a6 meses após o evento. Essa queda, normalmente, se corrige espontaneamente. Caso perceba uma queda importante, procure um dermatologista para tirar suas dúvidas e verificar as possíveis causas dessa queda. Devemos nos lembrar que a queda causada pelo estresse pode estar combinada a outras causas, como deficiência de nutrientes e outras doenças.

8. Qual a relação alimentação x queda dos cabelos?

A alimentação fornece os ingredientes, os “tijolinhos” para a fabricação dos fios. Uma má alimentação pode levar a deficiência de ferro, zinco, selênio e proteínas, por exemplo, essenciais para diversas funções do organismo, entre elas a formação dos pelos. O excesso também pode ser prejudicial, como no caso da vitamina A, podendo levar à queda.

9. Quais alimentos e suplementos ajudam a controlar a queda e deixar os cabelos mais saudáveis?

Uma dieta equilibrada, rica em proteínas, vitaminas (principalmente vitaminas A, B, C e E) e minerais é a ideal para manter pele, cabelos e unhas bonitos e saudáveis. Há, no mercado, diversos suplementos alimentares com este fim, mas é importante seguir a orientação médica devido à composição desses produtos, já que alguns contêm derivados de peixes e frutos do mar, podendo causar alergia em algumas pessoas. Além do mais, vale lembrar que, sozinhos, esses produtos não fazem milagres, devendo ser encarados como coadjuvantes, um reforço para uma melhor eficácia do tratamento.

10. Quais os benefícios do colágeno hidrolisado em pó para a saúde dos fios?

O colágeno hidrolisado é composto de diversos aminoácidos – pequenos pedaços de proteína que serão absorvidos e utilizados pelo corpo na formação dos pêlos, cabelos, pele e articulações, entre outros. Podemos dizer que são os “tijolinhos” para o nosso corpo produzir o colágeno.

11. O uso oral de vitaminas e sais minerais ajuda a prevenir a queda dos cabelos? Quais os mais indicados?

O uso oral de vitaminas e minerais pode ajudar no combate à queda de cabelos quando houver déficit desses elementos no organismo. A suplementação deve ser feita de acordo com a substância deficiente.

12. O colágeno, ceramidas e demais vitaminas e nutrientes anunciados nos rótulos de shampoos e condicionadores podem penetrar nos fios? Quais os reais benefícios desses ingredientes em suas fórmulas?

Esses elementos atuam reparando e protegendo os fios por suas funções antioxidantes, umectantes, redução da estática, capacidade de formação de filme lubrificante, redução da fragilidade e brilho.

13. Existe shampoo sem sal? Qual sua vantagem?

Não. Todo shampoo contem sais. O aviso “shampoo sem sal” diz respeito à ausência de cloreto de sódio (NaCl), que é o mesmo sal que utilizamos na cozinha. Todo shampoo deixa “resíduos” nos fios, sendo necessário o uso de um shampoo antiresíduos uma vez por semana ou a cada2 a3 semanas.

14. Quais suas dicas como dermatologista para quem quer estar com os cabelos sempre bonitos e saudáveis?

Ter uma alimentação adequada; beber bastante água; evitar lavar os cabelos com água quente; usar produtos adequados ao seu tipo de cabelos; evitar secadores de cabelos, chapinhas, tinturas, alisamentos e outras químicas; e proteger os fios do sol e do vento.

 

Se você tiver mais alguma dúvida sobre a saúde e beleza de seus cabelos, deixe sua pergunta nos comentários, que logo iremos respondê-la.

 

Be Sociable, Share!

18 Respostas para “Dúvidas sobre queda de cabelo? Dra Adriana Biagioni responde!”

  1. Karina 9 de janeiro de 2012 at 11:39 #

    E para cabelos enfraquecidos e quebrando pelo uso de quimicas, o que vc recomenda?

    • Dra. Adriana Biagioni
      Dra. Adriana Biagioni 11 de janeiro de 2012 at 16:02 #

      Olá Karina!

      Depende um pouco do grau do dano causado e do tipo de produto químico que foi empregado. Em geral, indico o uso de hidratações com máscaras de boa qualidade, shampoos adequados, cortes frequentes e redução do uso de químicas (por exemplo, tingir os cabelos com menor frequência, optar por mechas ao invés de tingir todo o cabelo, etc). Caso tenha sido usado produto com potencial mais agressivo, levando à fratura dos fios, irritações no couro cabeludo, queda de cabelos, outros cuidados podem ser necessários.

      Att,

      Adriana Biagioni

  2. NÉIA 12 de janeiro de 2012 at 18:44 #

    DRA. ESTOU TRATANDO DE UMA QUEDA DE CABELO DESDE DE 2008, JÁ USEI MUITAS COISAS RECEITADO POR DERMATOLOGISTAS, MAS ATÉ AGORA NÃO OBTIVE SUCESSO.lOGO NO INÍCIO QUE PERCEBI CHORAVA MUITO E FIQUEI DESESPARADA,HOJE JÁ TENHO UM POUCO DE CONTROLE DA SITUAÇÃO. INCLUSIVE TOMEI: PANTOGAR, CENTRUM, DERMAVIT, KELAVIT,COMPLLEXO B,INNÉOV NUTRI-CARE….; JÁ USEI:TRICOFORT,LOÇÃO CAPILUS,LOÇÃO CAPSAICINA,TARFLEX, LOÇÃO MINOXIDIL Q USO ATE HJ (2 ANOS USANDO) E ENFIM… OUTROS Q JA NÃO LEMBRO.Já FIZ VÁRIOS EXAMES E GRAÇAS A DEUS NÃO DEU NADA DE ANORMAL.POR FAVOR ME ORIENTE O QUE DEVO FAZER. ATT. AGUARDO RESPOSTA.

    • Dra. Adriana Biagioni
      Dra. Adriana Biagioni 16 de janeiro de 2012 at 10:03 #

      Olá Néia,

      Muitas vezes é difícil descobrir a causa da queda – pode ser até que exista uma associação de causas. Para elucidar melhor o que está acontecendo com você, o ideal seria realizar uma consulta, uma entrevista para saber toda a história em detalhes, a sua história familiar, os medicamentos em uso (e não apenas aqueles usados para a queda), como foi a evolução do processo. Há uma causa que muitas vezes passa despercebida – ou é confundida com outras – chamada alopecia androgenética. Como o próprio nome diz, é uma causa genética, que tem controle com uso de medicamentos adequados, e apresenta características próprias.

      Um abraço,

      Dra Adriana

  3. Anônimo 18 de janeiro de 2012 at 0:59 #

    Olá Dra. tenho muito cabelo ele é ondulado e esta extremamente ressecado e muito volumoso, já tentei fazer de tudo mais nada funciona
    gostaria de algumas dicas casseiras para o tratamento

    • Dra. Adriana Biagioni
      Dra. Adriana Biagioni 20 de janeiro de 2012 at 12:06 #

      Olá,

      aqui vão algumas dicas: pingar algumas gotas de bepantol líquido no frasco do shampoo, usar produto à base de óleo de argan (moroccanoil ou elixir ultime da kérastase) – apenas 1 a 3 gotinhas (antes ou após lavar ou com cabelos secos); no salão: relaxamento com produtos à base de guanidina (reduz o volume, deixa mais fácil para pentear, continua ondulado).

      Att,

      Dra. Adriana

  4. laricia 9 de junho de 2012 at 13:43 #

    dra meu marido esta ficando com os cabelos muito finos ecom queda qual eo melhor produtor que possa ajudar sera que shampoo que controla aqueda ea fragilizados pode ajudar sera que ele estar com calvicer¨?

    • Clínica da Pele 11 de junho de 2012 at 11:43 #

      Olá Laricia,

      Há diversas causas de queda de cabelos. Nos homens é muito comum a chamada alopecia androgenética, em que o cabelo sofre uma miniaturização, especialmente em algumas áreas do couro cabeludo. Esse quadro pode ter início muito cedo, até mesmo na infância. Existem tratamentos específicos para esse tipo de queda de cabelos, tópicos e / ou orais. É importante consultar um dermatologista para avaliar qual o tratamento mais indicado para o caso do seu marido e verificar se há outras condições concomitantes contribuindo para a queda de cabelo.

      Att,

      Adriana Biagioni

  5. Lucas 27 de novembro de 2012 at 17:18 #

    Olá Doutora.Tenho 14 anos de idade,tenho bastante cabelo,mas comecei a perceber que ao sair do banho meu cabelo cai,ontem por exemplo passei a mão no cabelo seco msm e caiu uma quantidade grande de fios.Meu pai e meu avÔ nao sao calvos,ambos tem muito cabelo,mas estou preucupado com isso.Obriado pela atenção até mais

    • marina.paiva 11 de dezembro de 2012 at 10:36 #

      Olá, Lucas!
      A queda de cabelo pode ocorrer por diversos motivos. Seria interessante avaliar também se a quantidade de fios que você está perdendo é preocupante ou se é normal. Atualmente, existem vários tratamentos para alopécia (queda de cabelo)!
      Estamos à disposição caso queira fazer uma avaliação!
      Obrigada!
      Clínica da Pele

  6. pedrow 4 de dezembro de 2012 at 22:05 #

    Cara Dra Adriana, parabens pelo site. Gostaria de sua informaçao sobre os antidepressivos e queda de cabelo.Tomei durante muito tempo Paroxetina que ajudou a queda de cabelo emocional, porém ela nao faz mais efeito. A sra. poderia citar algum AD que nao cause a queda? Adoraria marcar uma consulta, mas moro no Rio e ainda nao tive tempo. Muitíssimo obrigado pela atençao e sucesso.

    • marina.paiva 24 de janeiro de 2013 at 11:13 #

      Bom dia, Pedro!
      A queda de cabelo pode ocorrer por diversas causas. É preciso verificar se no seu caso é causada apenas por um fator emocional ou se há alguma outra causa associada. Existem diversos antidepressivos que não causam a queda de cabelo.
      Estamos à disposição!
      Obrigada!

  7. Telma 6 de dezembro de 2012 at 20:38 #

    Olá Dra. Estou muito preocupada pq meus cabelos estão caindo muito. Começaram a cair a uns três meses atrás e já estou com pouquíssimos fios, pra acabar de acertar eu inventei de fazer mechas a um mês e meio e acho q agora é q está caindo mesmo. Eu estou usando babosa e shampoo ante queda da El’seve da loreal estou com medo de ficar careca. Por favor me dê alguma dica de tratamento pq a cada dia q passa eu fico mais estressada por vê-lo cair tanto assim e sei q isso contribui ainda mais. E, será q a babosa faz mesmo efeito?

    • renata 17 de janeiro de 2013 at 18:57 #

      Olá, Telma!
      Existem várias causas de queda de cabelo. Seria necessário fazer uma avaliação, inclusive com exames de sangue, para investigar a causa e fazer o tratamento mais indicado.

  8. anne 28 de dezembro de 2012 at 17:32 #

    dr:oláh tenho 19 anos meu cabelo esta caindo muito , mas muito mesmo ah mais de 2 anos estou com esse problema, estou com muito medo de ficar careca, por favor me ajude me responde logo que possivél , não aguento mais ver meu cabelo caindo todo . não sei o que pode ser já fiz vários tratamento e nada resolve.

    • renata 19 de janeiro de 2013 at 16:00 #

      Olá, Anne!
      A queda de cabelo pode ter várias causas: genética, dermatite seborréica (“caspa”), anemia, baixa de ferro, ferritina ou de vitaminas, problemas de tireóide, estresse emocional, pós-parto, entre outras. Seria necessário fazer uma avaliação clínica e laboratorial (exames de sangue) para definir o diagnóstico e decidir o melhor tratamento. Qualquer outra dúvida, estou à disposição. Dra. Renata (Clínica da Pele)

  9. Luis Felipe 1 de fevereiro de 2013 at 22:33 #

    bom , sempre tive o cabelo meio rasinho (1 pouco sem cabelo na frente) , mas ele não aparentava ser careca nos lados . Conversei com meu pai e minha mãe e eles disseram que eu sempre fui meio careca , mas eu nunca perdi cabelo do lado da cabeça , estou com menos cabelo na esquerda do que na direita . estou com medo de cortar o cabelo e aparecer as entradonas pq meus amigos vão rir de mim , e isso abaixa minha auto estima pra crl , e nem bonito eu sou pra constar tenho 1 cabeça grande .
    Tenho tendências a ser calvo pq meu avô por parte de pai é careca , mas meu avô por parte de mãe ele não tem nenhuma entrada (nenhuma mesmo) e ele ja tem uns 67 já .
    OBS : SÓ TENHO 12 ANOS POR ISSO ACHO ESTRANHO EU COM ESSA IDADE SER APARENTEMENTE CALVO , e ja nasci careca .
    E esses cabelos que estao faltando na frente voltam a crescer com o passar do tempo?

  10. MARCELO 3 de fevereiro de 2013 at 16:22 #

    OLA DOUTORA,

    EM 60 DIAS MINHA FRANJA QUASE SUMIU, CAIU MUITO MESMO, TENHO 28 ANOS, MEU CABELO DIMINUIU SE COMPARADO O VOLUME DE CABELO QUE TINHA COM 20 ANOS, POREM AGORA FIQUEI PREOUCUPADO, POIS MEU PAI NAO E CALVO, CREIO QUE NAO TENHO CALVICIE GENETICA, FIZ UMA CIRURGIA DE APENDICE FAZEM 90 DIAS, GOSTARIA DE SABER SE A CAUSA DA QUEDA EXAGERADA DE CABELOS ESTA RELACIONADA A ESSA CIRURGIA, E SE OS CABELOS QUE CAEM POR ESSE MOTIVO COLTAM A CRESCER….

Deixe uma resposta